terça-feira, 12 de junho de 2018

Polícia Federal devassa esquema de corrupção da cúpula do PTB

Filha de Roberto Jefferson e “parceira” do valente-Xambomba está no olho do furacão


Blog do Frederico reproduz reportagem veiculada no Jornal do Brasil de 12/06/2018, que não agradou em nada ao nosso galo-de-briga-legislativo...

...por ter se aproximado da deputada-devassada no segundo semestre de 2017, deixando de lado o ex-craque-Delei...

...pensando logicamente nas vantagen$ de se aliar com a cúpula de um partido dominado por Roberto Jefferson.

Em tempo: Fique por dentro de como o Xambomba-pode-se-dar-mal-se-excedendo-com-Nescau, clicando aqui!

Entre os locais vasculhados na manhã desta terça-feira, 12, pela Polícia Federal (PF), na segunda fase da Operação Espúrio, segundo apurou o Broadcast, estão o gabinete, o apartamento funcional e um endereço no Rio de Janeiro da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ).

Os policiais cumprem três mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília e Rio. A operação mira em suposta organização criminosa que investigada concessão fraudulenta de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho.

Cristiane é filha do presidente do PTB Nacional, Roberto Jefferson, que também é alvo da Registro Espúrio. Pivô do escândalo do Mensalão do PT, o ex-deputado pelo Rio de Janeiro também teve seus endereços vasculhados pela PF na primeira fase da operação.

A deputada chegou a ser cotada para o cargo de ministra da pasta. No entanto, diversas decisões da Justiça Federal e uma liminar da presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, suspenderam sua posse. O governo acabou desistindo de seu nome para o cargo.

Além de Jefferson, foram alvo busca na primeira fase da Registro Espúrio os gabinetes dos deputados Jovair Arantes (PTB), Paulinho da Força (Solidariedade) e Wilson Filho (PTB). A sede da Força Sindical também foi alvo da ação da PF. Todos são apontados como integrantes do núcleo político da suposta organização criminosa que atuava na pasta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário