quarta-feira, 12 de abril de 2017

No maior escândalo de corrupção de BJI, Tininho mira o Tatu e acerta Branca

O intrépido mosqueteiro da Rádio Bom Jesus AM foi até a Estação de Tratamento de Esgoto do Lia Márcia, para constatar aquilo que por inúmeras ocasiões foi alertado neste blog, ela nunca funcionou e jamais funcionará

O contribuinte bom-jesuense acompanhou com todos os detalhes como se joga pelo ralo quase DOZE MILHÕES DE REAIS, para tão somente destruir um bairro inteiro, o estado que deixaram as ruas do Lia Márcia somente fez desvalorizar grande parte dos imóveis de lá, e o esgoto continuará sendo despejado sem tratamento no rio Itabapoana, ao passo que nenhuma das seis elevatórias funcionam.

Foto: Tininho Máximo
Desde o processo licitatório desta obra que venho denunciando, não só no blog mas também ao Ministério Público Federal, sobre o que o governo Branca Motta pretendia fazer com a verba milionária conveniada com a FUNASA, e foi mais do que confirmado que ela fez o que antecipei o que ela pretendia.

Mesmo com um inquérito instaurado na delegacia de Polícia Federal em Campos dos Goytacazes, em abril de 2014, a crença pela impunidade fez com que o casal-improbidade permanecesse saqueando as verbas do saneamento insanável, para se ter uma ideia do escândalo, o último repasse da prefeitura para a famigerada Deiferson foi em setembro de 2015, com a ex-prefeita encenando a inauguração da obra em dezembro de 2016.

Lamentavelmente tanto o Ministério Público Federal como a Polícia Federal falharam na missão de preservar o patrimônio público, o inquérito civil federal nº 1.30.004.000110/2013-70 não foi capaz de frear a sanha do governo passado pelo erário público, mesmo com a primeira representação enviada ao MPF sendo em dezembro de 2013, nesses 3 anos R$ 11.860.000,00 foram sugados pelo ralo da corrupção.

Também falhou, ou melhor, negligenciou com este escândalo o Poder Legislativo de Bom Jesus do Itabapoana, ao passo que um cidadão protocolou uma denúncia com todos os detalhes que foram enviados ao MPF que resultou na investigação da PF, mas os nobres edis jogaram todo lamaçal para debaixo do tapete da impunidade, onde o relatório preliminar da Comissão Processante simplesmente DESAPARECEU das dependências da Câmara Municipal.

Operadores do propinoduto do saneamento-insanável inaugura uma estação que não funciona

Posso lhes garantir que quase 70% dos R$ 11.860.000,00 repassados pela prefeitura a Construtora Deiferson foram desviados, inclusive uma pequena parte deste prejuízo se pode calcular nas quase vinte ações trabalhistas movidas por funcionários contratados pela empreiteira e que não receberam tudo que lhes era de direito, mesmo com a prefeitura repassando a empresa.

A esculhambação na execução deste projeto foi tamanha, que o atual governo sequer terá condições de concluir a obra, ele terá que refaze-la praticamente a sua integralidade, todas as ruas terão que ser reabertas para avaliar o material utilizado nas redes, por exemplo podemos adiantar que toda terra escavada nos cortes das ruas deveria ser substituída por novo material, com areia, terra e brita, mas a empreiteira reaproveitou o material retirado, porém emitindo nota fiscal como se tivesses utilizado novo material.


O prejuízo aos cofres municipais extrapolará a exorbitância quando for necessário executar uma avaliação técnica em cima do que foi precariamente feito, além de realizar nova licitação para contratar uma nova empresa para refazer toda lambança-criminosa executada no governo passado.

Até aqui prevaleceu a impunidade e a compensação do crime...

Nenhum comentário:

Postar um comentário