Sábado trágico nas estradas


A manha de sábado do dia 16 de fevereiro de 2013 teve o lamentável destaque de dois acidentes automobilísticos em que houveram duas vítimas fatais. Os acidentes ocorreram nas rodovias RJ 230 entre Barra do Pirapetinga e Calheiros na famosa “curva assassina” tendo neste acidente uma vítima fatal que era o condutor do veículo Fiat Palio cor azul metálico, e na Rodovia ES 297 entre Apiacá e Ponte do Itabapoana, esse foi o mais grave em que o veículo VW Gol colidiu com um caminhão que transportava placas de granito, apesar do estado do caminhão o condutor saiu sem maiores ferimentos, porém o condutor Gol não teve a mesma sorte e este veio a óbito carbonizado, tenho a informação que uma das vítimas do gol carbonizado que é o senhor Jorge Oscar, proprietário da Ferbox em Bom Jesus do Itabapoana, a vítima do acidente da RJ 230 se chama José Maria Júnior e residia no município de Rio Novo do Sul-ES e passava uns dias em Calheiros na casa de amigos

Acidente na RJ 230


Acidente na ES 297


3 comentários:

  1. Lamentável!!!! Ja passou da hora dos condutores se conscientizarem para o risco que é o mal uso dos automóveis e motos.E entenderem que álcool + imprudência resultará em tragédias. Arquimedes.

    ResponderExcluir
  2. Na RJ 230, Barra do Pirapetinga sentido Calheiros, antes da indigitada "curva assasina" seria suficiente a colocação de sonorizadores cinquenta metros do início da reta e de um redutor de velocidade cinquenta metros depois, tal medida pouparia vidas, é óbvio que falta educação no trânsito, mas o que justifica a intervenção estatal é justamente o desvio comportamental do indivíduo, destarte, a omissão da administração pública no que se refere a engenharia de trânsito para um local notóriamente perigoso pode ser culminar com a responsablização do poder público por omissão, indenizações desta natureza de certo saem mais caro para os cofres públicos que ações preventivas. Num passado recente o centro de Bom Jesus foi infestado de tacos redutores de velocidade, isso quase inviabilizou o deslocamento embarcado no centro de Bom Jesus.
    Não se demoli pedreira com um martelo,nem se entalha madeira usando marreta, os tacos redutores de velocidade teriam melhor aplicabilidade próximo à "curva assasina". Sabemos que as ruas do centro e a RJ230 são administradas por entes federados distintos, a nosso ver isso é mera questão política que pode ser facilmente resolvida pelos políticos.
    É importante frisar que a ideia acima exposta é de um leigo, o ideal é que um engenheiro de tráfego fizesse um estudo do local a fim previnir a ocorrência de acidentes, pois, acredito que só este profissional é capaz de criar uma solução após analisar a topografia do local em conjunto com o perfil comportamental das vítimas, diante de uma lei ou ordem descumprida o uso coercitivo da força se faz necessário,ou seja,se as pessoas não se resguardam do perigo mesmo quando são admoestada, cabe ao estado constituído garantir-lhes a segurança sempre que possível, in casu,é possível.
    Em casa que tem criança a piscina deve ser cercada com grade, mesmo que as barras de ferro destoem da decoração, este é o papel do pai zeloso. Que Deus conforte as famílias das vítimas e me livre deste perigo, pois esta estrada é o caminho entre a minha casa e o meu trabalho.

    ResponderExcluir
  3. Perdi uma tia, um primo e um tio nessa estrada, gostaria de saber como encontro noticias desse acidente. Acho que foi em agosto ou setembro de 1984 ou 1985, não sei ao certo. Por favor se alguém puder me ajudar meu e-mail é lucia_lima1@hotmail. Agradeço desde já.

    ResponderExcluir